Crime no Túmulo (Murder in the Grave)

Crime no Túmulo (Murder in the Grave)

Translator: Eduardo Saló
in: Antologia policial Minerva : 2ª série, Minerva, 1963, 295 p.

Antologia_Policier_Minerva

Contents:
1. “O mistério do Jarrão Azul” de Agatha Christie.
2. “O Especialista” de Jamesa Reach.
3. “Crime no Túmulo” de Edmond Hamilton.
4. “Suspeita” de Dorothy L. Sayers.
5. “Stan, o Assassino” de Georges Simenon.
6. “A separação” de Ian S. Thompson.
7. “Cuidado com o cão” de Frederic Brown.
8. “Lágrima de Anjo” de Leslie Charteris.
9. “O Fantasma” de Cornell Woolrich.
10. “Crime Quase Perfeito” de Virginia Jones.
11. “O Homem do Chapéu Preto” de Michael Fessier.
12. “Extracção sem Dor” de Henry Slesar.
13. “Um casal Feliz” de W. Somerset Maugham.
14. “Elementos para um Romance Policial” de C. B. Gilford.
15. “O Caso Carell” de Ellery Queen.

Crime no túmulo (Murder in the Grave)

Crime no túmulo (Murder in the Grave)

Translator: Cruz Cordeiro, Gilberto Galvão, Manuel R. da Silva, Frederico dos Reys
in: Os Mais Belos Contos Terroríficos dos mais famosos autores, 1a série, Vecchi, 1944, 347 p.

OS_MAIS_BELOS_CONTOS_TERRORIFICOS

Contents:
Antologia de contos terroríficos da Editora Vecchi — (Não leia à noite!) — Lista completa de autores e contos da 1ª série (1944 — 347p.): E. T. A. Hoffmann (O violino de Cremona) / Edgar Allan Poe (O enterramento prematuro) / Gustavo Adolfo Bécquer (O caminho da bruxa) / Guy de Maupassant (O Horla) / Villiers de L’Isle Adam (O segrêdo da guilhotina) / Jean Richepin (O pintor de olhos) / Rudyard Kipling (O jinriquixá fantasma) / Arthur Conan Doyle (O machado de prata) / Anatole France (A missa das sombras) / H. G. Wells (O fantasma que não sabia ser fantasma) / Gaston Leroux (Uma história horripilante) / Amado Nervo (Os esquifes) / Claude Farrère (O ex-voto da Acrópole) / Eduardo Zamacois (O marido não quer) / Henry Kuttner (Eu, o morcego) / Robert E. Howard (Pombas do inferno) / Manly Wade Wellman (Tinha o nome numa bala) / Everil Worrell (Leonora) / Raoul Lenoir (A alma morta) / Edmond Hamilton (Crime no túmulo) / Richard O. Lewis (O homem que voltou) / G. Blasset (Amor de Sonâmbula).

Como é Aquilo Por Lá? (What's It Like Out There?)

Como é Aquilo Por Lá? (What’s It Like Out There?)

Translator: Mário Camarinha, Edgar Moreira, José Laurenio de Melo, and Norah
in: Ficção Científica para Quem Não Gosta de Ficção Científica, T. Carr,
O Cruzeiro, 1969, 181 p. – (Galáxia 2000)

galaxia2000no1

Contents:
Arthur C. clarke – A estrela
Ray Bradbury – o reboar do trovão
Robert A. Heinlein – O ano do cataclismo
H. L. Gold – O homem e a linguagem
William H. Shiras – Escondendo-se
Damon Knight – e a porta fechou-se lentamente
Avram Davidson – O amor chamava
Frederic Brown – a Arma
Edmond Hamilton – Como é aquilo por lá

O Rei das Estrêlas (The Star Kings) SK#1

O Rei das Estrêlas (The Star Kings) SK#1

Translator: José Sanz
Publisher: Sabiá, 1971
Pagination: 220 p.
Series: Asteróide-Sabiá ; 3
Cover: Antonio Herranz

O REI DAS ESTRELAS
A AVENTURA, que foi a gênese da moderna Ficção Científica, nào poderia estar ausente de uma coleção como a ASTERÓIDE, que pretende oferecer aos seus leitores as obras-primas de um gênero hoje definitivamente incorporado à literatura geral como uma de suas manifestações mais autênticas.

Destaca-se, no gênero, o escritor Edmond Hamilton que, desde 1926, vem alimentando a fome de aventura de milhões de leitores com obras de inegável imaginação, embora enganadoramente simples, onde divulga as mais recentes conquistas científicas ou antecipa e inventa a tecnologia do futuro.

Detentor do cobiçado Prêmio Jules Verne, foi considerado por The New York Times, como um dos “dois exemplos de gênios descobertos e tornados públicos: Edmond Hamilton, mestre supremo do romance científico misterioso, e Robert S. Carr, apóstolo da nova geração”.

Na Convenção Mundial de Ficção Científica de 1964, Edmond Hamilton foi homenageado por “ter sido o pioneiro do conceito da aventura interestelar, da noção de um império galáctico, da utilização da escuridão total como arma, do emprêgo de uma máquina de viajar no tempo para recrutar um exército no passado e da utilizaçáo de temas colhidos na obra de Charles Fort”.

Recebeu, em 1967, o Science Fiction Hall of Fame, recompensa suprema reservada a um autor do gênero pelo conjunto de obra.

OReiDasEstrelas

OReiDasEstrelas2

Arma do Além (The Weapon from Beyond) SW#1

Arma do Além (The Weapon from Beyond) SW#1

Translator: Maria Roque Casimiro
Publisher: Panorama, 1967?
Pagination: 169 p. ; 11 x 18 cm.
Series: Série Antecipação ; EP A 9

Morgan Chane – o Starwolf
Oriundo da Terra, Morgan Chane fora contudo criado no universo sideral de Varna, mundo violento onde os habitantes viviam de pilhagens, de incursѕes aos planetas menos fortes e mais pacэficos das galсxias em redor. A pesada gravidade de Varna desenvolvera em Moragn forчa sobre-humana e reflexos excepcionais . Quando atingiu a idade prѓpria, Chane juntou-se aos tripulantes das naves espaciais comandadas pelos famigerados Starwolves – ou lobos-das-estrelas – temэveis piratas do ar. Assim, o jovem terrestre tornou-se num bandido, cujo nome, por si sѓ, aterrorizava o vasto mundo astral.

ArmaDoAlem